Protocolo de Investigação associado à Enfermagem do Trabalho

A legislação exige que os Enfermeiros do Trabalho (ETs) devem ter habilitações adequadas a tal atividade. Apesar da variabilidade curricular da licenciatura em Enfermagem, genericamente, não é dado grande destaque à Saúde Ocupacional (SO), e a formação pós-graduada direcionada às necessidades específicas destes profissionais apenas foi definida pela Direção-Geral da Saúde em Outubro de 2015.

Área de vivência como instrumento de atenuação ao calor ocupacional em trabalhadores do setor da cana-de-açúcar

Os trabalhos rurais desenvolvidos a céu aberto com exposição ao calor podem atingir facilmente os limites de tolerância estabelecidos pela NR15, sendo difíceis as medidas de controle sem as pausas oferecidas ao trabalhador em locais termicamente mais amenos, para regulação da temperatura corporal, como por exemplo as áreas de vivência, se usadas adequadamente.

Vigilância da Saúde dos Profissionais do CHLC, EPE: uma visão integrada e multidisciplinar para a promoção da Saúde e Segurança em contexto Hospitalar

A Área de Saúde Ocupacional (ASO) do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC), EPE promove a vigilância da saúde dos trabalhadores através de uma intervenção integrada e multidisciplinar. A equipa é constituída por quatro médicos do trabalho, quatro internos da especialidade de medicina do trabalho, sete enfermeiros, dois ergonomistas, um técnico superior de higiene e segurança, uma engenheira biomédica, uma psicóloga clínica, uma técnica de higiene oral e quatro assistentes técnicos, que desenvolvem uma abordagem holística e personalizada junto do profissional de saúde.

Burnout e Fatores de Risco para Doenças Crónicas não transmissíveis em Enfermeiros de um Serviço de Transplante de Medula Óssea

O stress ocupacional crónico pode resultar num estado de exaustão emocional, mental e físico, conhecido como Burnout, assim como pode estar associado ao surgimento ou agravamento de algumas doenças cardiovasculares. Estudar a relação de ambas pode contribuir para uma melhor estruturação de ações de prevenção e promoção para a saúde dos trabalhadores.

Presença de Infeção Latente por Mycobacterium Tuberculosis em Trabalhadores expostos a Poeiras Minerais

A tuberculose é uma doença infeto-contagiosa, cujo agente é o Mycobacterium Tuberculosis, identificado por Robert Koch em 1882. A maioria das pessoas infetadas não apresenta doença clínica, sendo por isso assintomáticos. A única evidência de infeção pode ser uma reação ao teste tuberculínico. Devido a uma prevalência mais elevada de infeção ou a um maior risco de doença para determinados grupos, incluindo algumas exposições ocupacionais como exposição à sílica ou ao asbesto, a incidência de tuberculose pode ser mais elevada entre estes indivíduos do que na população geral.

Perfil Audiológico em Músicos Rock

A audição dos músicos é de extrema importância para a qualidade de seu trabalho e permanência na carreira. Os músicos estão expostos frequentemente a elevados níveis de pressão sonora devido às várias horas de ensaios e à frequência de atuações, correndo o risco de desenvolver a Perda Auditiva Induzida por Níveis de Pressão Sonora Elevada (PAINPSE).