Educar para a Saúde Laboral: Perceção da Qualidade de Vida em relação a variáveis sociodemográficas, condições de Saúde e de Trabalho em trabalhadores de escritório

Os trabalhadores de escritório permanecem em posições estacionárias durante longos períodos e estão sujeitos a elevadas cargas laborais que podem interferir com a Qualidade de Vida, em interação com caraterísticas do trabalhador (como personalidade, autonomia, competência e empenho no trabalho).

Em época de Pandemia: Covid-19 como Doença Profissional- a experiência de um Instituto Português de Oncologia

Oliveira A, Leite C, Rocha D, Morais M, Bento J, Rocha L. Em época de Pandemia: Covid-19 como Doença Profissional- a experiência de um Instituto Português de Oncologia. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional on line. 2020, volume 10, 1-9. DOI: 10. 31252/RPSO.26.09.2020   PANDEMIC TIME: COVID-19 AS AN OCCUPATIONAL DISEASE – THE EXPERIENCE OF A PORTUGUESE…

Medicina Dentária e Saúde Ocupacional em Portugal- Estudo Exploratório

Segundo a bibliografia consultada, os principais fatores de risco/ riscos laborais dos médicos dentistas e auxiliares de dentária, são o eventual contato com agentes biológicos, posturas mantidas/ forçadas, movimentos repetitivos, vibrações, ruido, radiações eletromagnéticas, radiações ionizantes por Rx, esforço visual e agentes químicos.

Bombeiros: Perceção relativa aos Fatores de Risco/ Riscos Laborais, Medidas de Proteção e Atuação dos Profissionais da Saúde Ocupacional

A atividade de bombeiro é considerada de risco elevado. Apesar dos perigos estarem razoavelmente bem identificados, são poucos os estudos que exploram a consciencialização destes indivíduos face aos desafios que o exercício profissional acarreta para a sua saúde e segurança.

Avaliação da Capacidade de Trabalho versus Envelhecimento dos Funcionários, num Município Português de média dimensão

A população trabalhadora da Europa está a envelhecer e várias organizações definiram concetualmente a categoria dos trabalhadores com mais de 55 anos como os “Trabalhadores Mais Velhos”, num contexto onde, a curto/ médio prazo, a sua capacidade produtiva será fundamental para o funcionamento dos diversos países, dado o envelhecimento da população.