Vigilância da Saúde dos Profissionais do CHLC, EPE: uma visão integrada e multidisciplinar para a promoção da Saúde e Segurança em contexto Hospitalar

A Área de Saúde Ocupacional (ASO) do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC), EPE promove a vigilância da saúde dos trabalhadores através de uma intervenção integrada e multidisciplinar. A equipa é constituída por quatro médicos do trabalho, quatro internos da especialidade de medicina do trabalho, sete enfermeiros, dois ergonomistas, um técnico superior de higiene e segurança, uma engenheira biomédica, uma psicóloga clínica, uma técnica de higiene oral e quatro assistentes técnicos, que desenvolvem uma abordagem holística e personalizada junto do profissional de saúde.

Detalhes

Burnout e Fatores de Risco para Doenças Crónicas não transmissíveis em Enfermeiros de um Serviço de Transplante de Medula Óssea

O stress ocupacional crónico pode resultar num estado de exaustão emocional, mental e físico, conhecido como Burnout, assim como pode estar associado ao surgimento ou agravamento de algumas doenças cardiovasculares. Estudar a relação de ambas pode contribuir para uma melhor estruturação de ações de prevenção e promoção para a saúde dos trabalhadores.

Detalhes

Presença de Infeção Latente por Mycobacterium Tuberculosis em Trabalhadores expostos a Poeiras Minerais

A tuberculose é uma doença infeto-contagiosa, cujo agente é o Mycobacterium Tuberculosis, identificado por Robert Koch em 1882. A maioria das pessoas infetadas não apresenta doença clínica, sendo por isso assintomáticos. A única evidência de infeção pode ser uma reação ao teste tuberculínico. Devido a uma prevalência mais elevada de infeção ou a um maior risco de doença para determinados grupos, incluindo algumas exposições ocupacionais como exposição à sílica ou ao asbesto, a incidência de tuberculose pode ser mais elevada entre estes indivíduos do que na população geral.

Detalhes