Projeto de Investigação associado aos Pescadores

A pesca é uma das atividades ocupacionais mais perigosas, sobretudo devido à incidência de acidentes, frequentemente fatais. Os outros (fatores de) risco(s) que se destacam são físicos (sobretudo o frio e a radiação) e ergonómicos (nomeadamente as lesões músculo-esqueléticas, devido a cargas elevadas, posturas forçadas, movimentos repetitivos, stress, organização desadequada do trabalho e tensão necessária exercer para manter o equilíbrio com as oscilações da embarcação).

Detalhes

Projeto de Investigação associado aos Músicos

A generalidade dos músicos está exposta a fatores de risco/ riscos profissionais frequentes e/ ou importantes que, na maioria dos casos, são desvalorizados. Dado a música proporcionar muito prazer aos seus executantes, por vezes, estes não valorizam as suas queixas, nem fazem uma associação de causa/ efeito, podendo até considerar que tal é a consequência natural do seu maior empenho.

Detalhes

Projeto de Investigação associado aos Bombeiros

Os bombeiros estão expostos a inúmeros fatores de risco ocupacionais, capazes de originar acidentes de trabalho ou doenças profissionais relevantes. Apesar disso, o seu acompanhamento por equipas de saúde ocupacional é ainda escasso ou, em muitos casos, inexistente. Torna-se assim pertinente produzir evidência que exponha as necessidades mais frequentes deste setor profissional.

Detalhes

Projeto de Investigação associado ao setor do manuseio de Granitos e Mármores

A indústria de extração, tratamento e uso de diversas pedras na construção civil abarca vários riscos ocupacionais, alguns dos quais pouco divulgados. A bibliografia encontrada sobre o tema é muito escassa e incide em itens muito específicos. Para além disso, o uso cada vez mais frequente de granito e mármore no interior e exterior dos edifícios onde os indivíduos residem e/ou trabalham, também poderá acarretar riscos para a saúde.

Detalhes