Assédio Moral em Enfermagem: uma Revisão Integrativa

O assédio moral é um fenómeno em que o agressor ou agressores – superiores hierárquicos diretos, colegas de trabalho ou até subalternos, de forma regular e repetitiva, conseguem humilhar a vítima, fragilizá-la e debilitá-la, com o objetivo de a inferiorizar e eliminá-la, afetanto a sua saúde tanto a nível físico como psicológico, detiorando diretamente a sua vida pessoal e profissional, sendo designado por muitos autores como um risco psicossocial emergente.