Biomarcadores de Consumo de Álcool e eventual utilização em contexto Laboral

A generalidade dos profissionais a exercer em Saúde Ocupacional já vivenciou situações em que algum funcionário consumia álcool em quantidades superiores às consideradas adequadas para exercer as suas tarefas profissionais.

Detalhes

Climatério e a Capacidade de Trabalho: Qual a Evidência?

O climatério é um processo natural no sexo feminino que ocorre em média entre os 45-55 anos: neste período podem ser experienciados sintomas que produzam um impacto negativo na capacidade de trabalho. Como a população feminina mais envelhecida é cada vez mais prevalente laboralmente, torna-se relevante investigar o tema.

Detalhes

Uso do Leite como Desintoxicante em Pintores: Qual a Evidência?

Durante muitos anos, as empresas forneciam aos trabalhadores expostos a alguns agentes químicos uma dose diária de leite e consideravam o dever de segurança ocupacional cumprido. Isso ocorria, no entanto, numa altura em que a tecnologia de extração/ventilação (e outras medidas de proteção coletiva), bem como o uso de equipamentos de proteção individual não desempenhavam um papel fundamental na Prevenção.

Detalhes

Tapetes de Descanso e Fatores de Risco Laborais- qual a Evidência?

Muitos postos de trabalho têm postura de pé mantida e as consequências para o trabalhador e empregador são frequentemente observadas. As equipas de saúde ocupacional são frequentemente questionadas sobre a importância do uso de tapetes de descanso e/ou qual o modelo que se deveria escolher.

Detalhes