Projeto de Investigação associado aos Músicos

A generalidade dos músicos está exposta a fatores de risco/ riscos profissionais frequentes e/ ou importantes que, na maioria dos casos, são desvalorizados. Dado a música proporcionar muito prazer aos seus executantes, por vezes, estes não valorizam as suas queixas, nem fazem uma associação de causa/ efeito, podendo até considerar que tal é a consequência natural do seu maior empenho.

Projeto de Investigação associado aos Profissionais a exercer em Salões de Beleza

Nos salões de beleza os funcionários estão geralmente estratificados em categorias específicas: cabeleireiro, esteticista, cosmetologista, manicura/ pedicura e ajudantes; contudo, na prática, costuma existir alguma polivalência, por acúmulo usual de funções ou apenas em situações mais pontuais (como férias, folgas ou ausência por doença).

Projeto de Investigação associado aos Bombeiros

Os bombeiros estão expostos a inúmeros fatores de risco ocupacionais, capazes de originar acidentes de trabalho ou doenças profissionais relevantes. Apesar disso, o seu acompanhamento por equipas de saúde ocupacional é ainda escasso ou, em muitos casos, inexistente. Torna-se assim pertinente produzir evidência que exponha as necessidades mais frequentes deste setor profissional.

Projeto de Investigação associado ao setor do manuseio de Granitos e Mármores

A indústria de extração, tratamento e uso de diversas pedras na construção civil abarca vários riscos ocupacionais, alguns dos quais pouco divulgados. A bibliografia encontrada sobre o tema é muito escassa e incide em itens muito específicos. Para além disso, o uso cada vez mais frequente de granito e mármore no interior e exterior dos edifícios onde os indivíduos residem e/ou trabalham, também poderá acarretar riscos para a saúde.

Projeto de Investigação associado ao Setor do manuseio de Explosivos

Os profissionais envolvidos no manuseamento de explosivos estão sujeitos a diversos riscos/ fatores de risco; no entanto, a generalidade da bibliografia consultada aborda questões específicas e parcelares. Os principais riscos/ fatores de risco associados a este setor são o ruido/ hipoacusia/ acufenos, explosão/ incêndio/ queimadura, queda ou projeção de objetos/ fraturas/ contusão/ corte/ esmagamento, lesões oculares variadas, agentes químicos (dermatite, cancro, anemia), lesões músculo-esqueléticas, herniopatias, soterramento, vibrações, ultravioletas, desconforto térmico e stress.

Doenças Ligadas à Atividade Profissional e Reflexão nos Cuidados Primários de Saúde, 2017

Este trabalho é uma pesquisa bibliográfica documental e de opinião, sob a base de um cartaz publicado pela autora, no contexto do 1º Congresso da Unidade de Saúde Pública do ACeS BV- iniciativa da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga (ACeS BV) e a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), enquanto ponto focal Nacional da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA), em parceria com um conjunto de entidades.

Projeto de Investigação associado ao setor da Ourivesaria, Joalharia e Relojoaria

Este setor inclui a produção de relógios (e acessórios), moedas, filigrana e joias (incluindo eventualmente a inserção e trabalho de pedras semi-preciosas ou preciosas). As principais etapas são a fundição em chapa/ fio ou injeção de moldes e eventualmente laminagem, trefilação, maquinação, banhos, polimento, autenticação (“contraste”) e embalagem.

A Enfermagem do Trabalho em Portugal: Experiência, Motivações, Locais de Trabalho, Formação, Funções, Indicadores produzidos e Condições de Trabalho

Na Europa, os enfermeiros são o maior grupo profissional da área da saúde que presta cuidados à população ativa, em contexto laboral. Em Portugal o contributo desses enfermeiros ainda não está devidamente explicado, existindo dúvidas acerca da sua experiência profissional, formação académica e tipo de funções/ papeis que ocupa no contexto da Saúde Ocupacional.