Criação de um Protocolo de Atuação em caso de Escabiose no Centro Hospitalar de São João, na sequência de um surto de pequena dimensão

Surtos de escabiose são frequentes em hospitais por todo o mundo, todavia a abordagem para controlar esse tipo de situação não está universalmente protocolada, existindo diversas metodologias para o fazer. Neste artigo descrevemos um surto hospitalar de pequena dimensão, que foi controlado com sucesso com um protocolo de abordagem criado para o efeito.

Danos Ocupacionais associados ao Cádmio, com ênfase no setor da Conservação e Restauro de Obras de Arte

Os principais riscos associados ao Cádmio distribuem-se por diversos contextos médicos (ainda que com consensos diferentes) a nível da neurologia, aparelho cardiovascular, reprodução/ obstetrícia, pediatria, nefrologia, oncologia, pneumologia, oftalmologia, aparelho gastrointestinal, endocrinologia e ortopedia/ reumatologia.

Bombeiros: Perceção relativa aos Fatores de Risco/ Riscos Laborais, Medidas de Proteção e Atuação dos Profissionais da Saúde Ocupacional

A atividade de bombeiro é considerada de risco elevado. Apesar dos perigos estarem razoavelmente bem identificados, são poucos os estudos que exploram a consciencialização destes indivíduos face aos desafios que o exercício profissional acarreta para a sua saúde e segurança.

Projeto de Investigação (em contexto de Saúde Ocupacional) associado aos Conservadores- Restauradores de Obras de Arte, em Portugal

O setor da Conservação e Restauro como profissão é razoavelmente recente, pelo que ainda não foi alvo de atenção devida da parte da Saúde Ocupacional. São escassos os documentos que se encontram sobre o tema e, na sua maioria, foram redigidos por Conservadores-Restauradores e não por Médicos do Trabalho, Enfermeiros do Trabalho ou Técnicos de Segurança.