Criação de um Protocolo de Atuação em caso de Escabiose no Centro Hospitalar de São João, na sequência de um surto de pequena dimensão

Pinho P, Norton P. Criação de um Protocolo de Atuação em caso de Escabiose no Centro Hospitalar de São João, na sequência de um surto de pequena dimensão. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional on line. 2020, volume 9, 1-9. DOI: 10.31252/RPSO.17.01.2020   CREATING GUIDELINES FOR THE MANAGEMENT OF SCABIES AT SÃO JOÃO HOSPITAL, FOLLOWING A SHORT…

Danos Ocupacionais associados ao Crómio, com ênfase no setor da Conservação e Restauro de Obras de Arte

Santos M, Almeida A. Danos Ocupacionais associados ao Crómio, com ênfase no setor da Conservação e Restauro de Obras de Arte. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional on line. 2020, volume 9, 1-16- DOI: 10. 31252/RPSO.11.01.2020   OCCUPATIONAL DAMAGE ASSOCIATED WITH CHROMIUM, ENFATISING ON CONSERVATORS-RESTORERS OF ART OBJECTS Autores: Santos M(1), Almeida A(2)     RESUMO Introdução…

Danos Ocupacionais associados ao Cádmio, com ênfase no setor da Conservação e Restauro de Obras de Arte

Santos M, Almeida A. Danos Ocupacionais associados ao Cádmio, com ênfase no setor da Conservação e Restauro de Obras de Arte. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional on line. 2020, volume 9, 1-20. DOI: 10.31252/RPSO.04.01.2020   OCCUPATIONAL DAMAGE ASSOCIATED WITH CADMIUM, ENFATISING ON CONSERVATORS-RESTORERS OF ART OBJECTS   Autores: Santos M(1), Almeida A(2)   Tipo de estudo:…

Bombeiros: Perceção relativa aos Fatores de Risco/ Riscos Laborais, Medidas de Proteção e Atuação dos Profissionais da Saúde Ocupacional

A atividade de bombeiro é considerada de risco elevado. Apesar dos perigos estarem razoavelmente bem identificados, são poucos os estudos que exploram a consciencialização destes indivíduos face aos desafios que o exercício profissional acarreta para a sua saúde e segurança.

Projeto de Investigação (em contexto de Saúde Ocupacional) associado aos Conservadores- Restauradores de Obras de Arte, em Portugal

O setor da Conservação e Restauro como profissão é razoavelmente recente, pelo que ainda não foi alvo de atenção devida da parte da Saúde Ocupacional. São escassos os documentos que se encontram sobre o tema e, na sua maioria, foram redigidos por Conservadores-Restauradores e não por Médicos do Trabalho, Enfermeiros do Trabalho ou Técnicos de Segurança.