Substancias psicoativas e saúde ocupacional

O consumo de substâncias psicoativas durante o horário de trabalho ou até fora dele, aumenta muito a frequência e a gravidade dos acidentes de trabalho, tendo os funcionários pior estado de saúde geral, menor produtividade e, por isso, existirão maiores custos para as empresas. Não é difícil encontrar bibliografia sobre o tema mas, geralmente, cada artigo foca aspetos parcelares, deixando por esclarecer por vezes questões teóricas e práticas fundamentais para atuar dentro de uma equipa de Saúde Ocupacional.